Técnicos do IAP identificam duas áreas com árvores nativas envenenadas no Paraná

28

Uma equipe de fiscalização do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) da regional de União da Vitória identificou nessa semana (4) duas áreas com várias árvores com perfuração no tronco para a prática de envenenamento. Se trata de áreas particulares na região São Matheus do Sul.

A suspeita é de que os proprietários dos terrenos, tenham utilizado algum tipo de veneno líquido para ocasionar a morte das árvores.

“Essa prática pode ter sido feita com intenção de matar as árvores e assim poder limpar o terreno, sem ter que derrubar uma espécie nativa, dificultando a fiscalização”, explica o fiscal do IAP, Renato Vicente Lachovski.

O tamanho das áreas afetadas é de 4,25 hectares e de 4,10 hectares.

Os responsáveis serão notificados e será aplicado o auto de infração ambiental no valor de R$ 52.500,00 mil para cada área, totalizando R$ 105.000,00 em multas.

LEGISLAÇÃO – O ato é considerado crime ambiental e a multa será aplicada conforme Lei Federal nº 9.605/98 e Decreto Federal nº 6.514/08.                                                 Fonte bem Paraná